Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

[OP-ED Review] Mahou Shoujo Madoka Magica

Oi pessoal! Espero que estejam curtindo boas anime songs e bons animes! Eu particularmente estou me empolgando muito mais com esta temporada do que eu esperava (apesar de que, estou dizendo oficialmente, abandonei Yumekui Merry, sorry). Enfim, hoje vou falar sobre o anime que está me tirando o sono, me fazendo delirar a cada semana, pra mim, a grande surpresa desta temporada: Mahou Shoujo Madoka Magica. Sim, esse anime bonitinho e feliz que..........
Ok, eu não vou mentir para vocês, então desculpem. 
Não vou me demorar falando sobre isto, até porque não quero estragar a graça de ver, mas eu preciso só avisar uma coisinha antes de continuarmos: se você acha que estamos falando de mais um anime de garotas mágicas com poderes legais, batalhas e jovens sonhadores e felizes, eu te digo algo..... 
Você está enganado.




Ops, acho que estraguei a surpresa! Mas.... vamos as músicas!
Opening - Connected by ClariS

Tanto a música como o vídeo desta abertura trazem tudo aquilo que esperamos de um Ma…

[OP-ED Review] Fractale

Olá a todos! Mais uma vez aqui com um OP-ED Review, a única série de postagens sobre as novas anime songs dos novos animes da temporada (ao invés de ser sobre os próprios animes) que você irá encontrar 'made in Brazil'! Hoje estou particularmente empolgada porque vamos falar da série que mais está me animando nesta temporada: Fractale.


Produzido pelo A-1 Pictures Inc., Fractale trata-se de uma obra em certos termos original, pois o primeiro mangá começou a ser publicado em setembro na Gangan Online, da Square Enix, contando atualmente com um volume completo. Aqui vemos mais uma vez o estúdio vindo com uma ficção científica em uma realidade bem afastada da nossa (no mínimo é bem após o início do século 22) falando de um mundo com a estrutura bem diferente da que conhecemos, començando pelo fatos das pessoas não mais necessitarem conviver umas com as outras, usando avatares (chamados doppels) quando necessário.
Olhando para o lado técnico e as características por detrás de Frac…

[OP-ED Review] Hourou Musuko

Olá pessoal! Estou de volta afinal com o OP-ED Review! Confesso a vocês que fiquei meio apreensiva com esse novo formato de postagens, porém além de eu ser muito fã de anime songs e não resistir em comentar sobre estas, talvez tenha mais gente por aí que goste desses pequenos detalhes.
Hoje vamos com um anime que além de tratar de forma competente um tema muito delicado e que muitos ocidentais "cabeça aberta" não teriam coragem de retratar tem uma trilha muito mais viva e marcante do que seu antecessor.
Estou falando de Hourou Musuko.


Este anime que trata do delicado tema de travestimento (um garoto se vestindo de menina e uma garota que deseja poder se vestir como um rapaz) sem cair (até o momento) em nenhuma armadilha da vulgaridade. É baseado em um mangá de Takako Shimura, autora também do suave Aoi Hana, que teve versão animada em 2009. 
Muito da parte visual de Aoi Hana, cenários difusos, cores suaves e traços delicados, encontra-se também em Hourou Musuko. O ritmo de …

[OP-ED Review] Yumekui Merry

Olá pessoal! Finalmente estamos começando o tão aguardado (por mim) OP-ED Review! Este novo formato de postagem tem como objetivo trazer detalhes e opiniões sobre as anime songs dos animes mais recentes. Isso porque, além de eu ser muito mais amante de anime songs do que dos próprios animes em si, acredito que tem muita gente por aí que chega a ter sua opinião sobre um anime levando em conta as suas músicas.
Estive pensando até em fazer uns "OP-ED Review" de animes mais antigos e de grande impacto(ou não), mas isto é algo a se pensar para o futuro. Por hora, vamos começar com uma estréia desta temporada atual (Winter 2011): Yumekui Merry, produzido pela J.C. Staff.


Começando pela openning, "Daydream Syndrome" com vocal de Marina Fujiwara. Esta música tem uma guitarra bem marcante , o que aliás faz este anime já contar com vários covers do instrumento nos sites de broadcast. Particularmente ao ver esta abertura acreditei que o anime teria um ritmo mais voltado para…