Pular para o conteúdo principal

Projeto Master Studio


Um sonho que a grande maioria de fãs de publicações japonesas, seja o mangá ou anime, é um dia também produzir sua obra e ser famoso como o mangaká ou diretor que tanto admira.
Pois é exatamente essa a idéia do Projeto Master Studio: unir algumas pessoas com diferentes habilidades que desejem publicar mangá e trabalhar em conjunto para, inicialmente publicar na web mangás. Claro que estamos organizando tudo para que a equipe consiga progredir para que, quem sabe, futuramente poder publicar através de uma editora oficial.
Como tenho habilidades focadas para roteiro e story-board, acredito que as obras que desenvolveremos serão mais dirigidas ao shonen e comédia de diversos tipos. Então desenhistas devem possuir um traço que seja compatível com a proposta do grupo.
Estamos procurando pessoas para ocupar esses 5 tipos diferentes de atividade:
            - Roteirista/Story-boarder (1 pessoa)
            - Desenhista (2 pessoas)
            - Arte-finalista (1 ou 2 pessoas)
            - Diagramador(1 ou 2 pessoas)
           
Não estamos querendo profissionais perfeitos das artes necessárias para a publicação de quadrinho, mas pessoas que estejam dispostas a levar esse projeto a sério e queiram dedicar algumas horas de sua semana para isso. A idéias inicial é testar a equipe publicando apenas um primeiro capítulo piloto, para testar as habilidades de trabalho conjunto para depois partir para uma publicação contínua.
Para todos aqueles que se interessarem, enviem-me um email até final de Maio desse ano (2009) para conversarmos sobre o projeto. Meu email é mazaki_otaku@hotmail.com . Desenhistas, se puderem enviar em anexo já algum desenho próprio para conhecimento. Lembrem-se que também devem entrar em contato por email para eu fornecer informações sobre meu contato no MSN Messenger, para que possamos conversar sobre as propostas de trabalho.
O Projeto Master Studio não tem a principio fins lucrativos, mas, se a equipe conseguir de fato um patrocínio e publicação com alguma editora gráfica no Brasil, os envolvidos na equipe passarão a ser beneficiados como profissionais por completo, com reconhecimento e remuneração pela obra publicada.

Comentários

  1. Muito bom, adorei a idéia Mazaki ^^ O sonho de muitos otakus e otomes é realmente isso. Mas como fica a verba? Porque, tipo, tem que ter tinta nanquim, e ao menos dois tipos daquelas canetas... Er... Bico de pena? Acho que é... Hn... Pois é, mas vão a luta que vocês serão reconhecidos! ^^ Vai ser difícil, mas vocês tem que tentar e lutar! o/ xD

    ResponderExcluir
  2. ateh gostaria de faze isso se tivesse tempo, mas com trabalho e facu NUM TEM COMO

    ahh... lilian, ve o email pq eu mandei (ekma do negima fanspot) e queria ver algo que o natigo administrador do fanspot (kyoto) tinha falado com vc sobre párceria, ok?

    ResponderExcluir
  3. Estou disposto a colaborar.

    Estarei enviando e-mail em breve

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UQ Holder - o novo mangá de Ken Akamatsu começa com tudo!

A estréia de UQ Holder, nova obra de Ken Akamatsu se deu no mês de agosto deste ano de 2013 e foi cercada de grande expectativa: desta vez o mangaká tinha a intenção clara de fazer um mangá de ação desde o princípio.
Talvez no Brasil o trabalho de Ken Akamatsu não seja tão reconhecido quanto poderia. Sua imagem é muito marcada pelos fanservices de Love Hina. Muitos sequer chegaram a ler sua obra seguinte e de maior sucesso comercial: Mahou Sensei Negima. O plot de um menino cercado de 31 garotas também ajudou a aprofundar o preconceito de leitores que (no meu ver pessoal) parecem valorizar demais a sexualidade nos mangás, esquecendo de analisar outros aspectos como a comédia, e, principalmente, a qualidade dos personagens.


Ken Akamatsu é um mestre em criar personagens cativantes e Negima foi um grande sucesso quando conseguiu mesclar a comédia, esses personagens apaixonantes e uma dose de ação crescente. Lutas muito bem desenhadas estão nas páginas da obra de forma cada vez mais cons…

Sobre o que fala Suzumiya Haruhi, afinal?

Suzumiya Haruhi é uma série de light novels que já conta com 10 volumes e o suspense se irão haver novas publicações ou não. A história ficou mais famosa quando se transformou em anime e então a franquia caiu no gosto do público otaku pelos seus clichês cômicos, personagens carismáticos e uma dancinha viciante para viralizar. Porém muitos acabam julgando que a obra não passa de um entretenimento barato para otakus e que não possui nenhuma mensagem intrínseca. O que é um erro e eu vou dizer o motivo:

Qualquer obra, por mais comercial e batida que seja, pode conter em si uma mensagem, talvez supérflua, talvez profunda, mas não é por causa de questões visuais ou estilísticas que deve ser ignorada essa possibilidade.

Vou citar um exemplo de conhecimento mais comum no mundo do entretenimento para deixar mais simples o entendimento.

Matrix, o filme de 1999, é uma história louca sobre pancadaria alucinada entre realidade e mundo digital? Bom, essa pode ser a cara do filme, com seus efeitos …

Comentários sobre Planetes v.1

Olá a todos!
Esse ano de 2015 tem sido muito bom para leitores de mangá que também são leitores de ficção-científica. Grandes anúncios como Akira e o relançamento de Eden (ambos pela Editora JBC) são alguns dos principais nomes desse momentos, mas outros títulos de peso também chegaram às bancas. Esse é o caso de Planetes, mangá de Mokoto Yukimura, autor também de Vinland Saga (ambos publicados pelo selo Planet Mangá, da Panini).
Comentários sobre a trama



Em um futuro próximo, onde o desenvolvimento da exploração espacial já torna possível a construção de estações e bases em alguns pontos do Sitema Solar, em Planetes acompanhamos a vida de Hoshino Hachirota (ou "Hachimaki", como lhe chamam), um jovem astronauta que tem uma das funções de menor glória: lixeiro espacial. Um trabalho exigente e necessário, mas que não é dos mais gratos.
Temos, além de  outros dois tripulantes na nave Toy Box: Yuri Mihairokov, um russo que tem um motivo bastante distinto. Além deles temos a pilo…