Pular para o conteúdo principal

De volta a ação!

Olá! Já estou eu aqui novamente aproveitando uns segundos de sossego para atualizar este blog!(começando o caminho para cumprir o dever de cuidar melhor desse blog). Bom, Como ainda não faço a mínima idéia do motivo de ter criado este blog, muito menos que tipo de assunto colocar... vamos as coisas insignificantes de sempre que são a minha rotina.

Inicio de ano.... férias?! Que nada! É hora de voltar pra Facu!

É. Nem bem 2008 começou e já estou de novo eu indo batalhar o futuro na faculdade. Isso por que este ano promete ser ainda mais agitado que o anterior. É hora de começar o meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), mesmo que normalmente se comece apenas no inicio do ultimo ano de faculdade, como uma garota esforçada (e também que visa um ultimo ano de faculdade mais do que relax...) já vou começar a ralar com tudo pra tentar finaliza-lo ainda este ano. Objetivo maior nisso tudo: estar livre pra procurar um trabalho de verdade no último ano além de poder me dedicar muito mais a escrever! Afinal... quem vive sem escrever?! Eu não....

Mas.... com tanta coisa pra fazer na facu.... como ficam os fics?

Ah.... quanto aos fics... infelizmente eles estão um pouco de lado nesse inicio de 2008, mas não precisam se preocupar, assim que tiver um tempinho (ou seja, avançar no desenvolvimento do meu projeto na facu) eu vou finalizar o Lives. Nove capítulos.... parece tanto.... parece tão pouco.... mas sem um PC é um verdadeiro desafio terminar. Mas já está decidido: vou finalizar a primeira temporada de Mastered Negima até Março! Sei que ainda falta muito até lá, mas só vou ter um PC disponível e Fevereiro, quando as aulas retornarem. Creio que está seja a estimativa mais realista da situação.
Além disso, Love Hina Return também vai ter que caminhar nesses tempos, mas a prioridade é agora Mastered Negima, portanto podem contar que essa estória vai chegar ao seu ponto final em breve.
Ah! Já ia quase me esquecendo: alem de todas essas estórias pra escrever, ainda arranjei tempo pra iniciar um novo projeto: uma estória feita em conjunto com meu grande amigo lá do interior do Rio, Rerisson. Não posso dar detalhes ainda, mas posso dizer que é mesmo muito difícil trabalhar em equipe, ainda mais a distância! Mas isso são coisas do século XXI.


1000%...... Tsubasa?!

É.... neste fim de 2007 uma outra estória oriental conquistou meu coração, e não estou falando de mais um ciclo de paixão por Negima! Estou falando de Tsubasa Reservoid Chornicles!
Sempre admirei os trabalhos de CLAMP, isso desde Sakura Card Captors. Desde de então venho me encantando com diversas estórias desse grupo que pra mim é o maior vecendor do universo dos mangas (Claro que empata com o Akamatsu-sensei!): Chobits, X, Tsubasa e XXXHolic. Todas estórias sensacionais que marcam minhas influencias no mundo das estórias. Mas minha sintonia com Tsubasa foi demais. O segundo lugar no meu ranking de personagens favoritos foi preenchido com muito sucesso pelo Fye Fluorite. Como um personagem pode ser tão encantador e enigmático ao mesmo tempo?!?! Ai ai... se eu não já fosse eternamente fã da espadachim mais poderosa e admirável do estilo Shinmei... bom, mas o fato é que Tsubasa entrou para o hall das minhas estórias favoritas.



Estórias não são só brincadeira.

Narratologia. Este é o nome da ciência que estudas o universo das estórias. “Wow! Mas que mudança de assunto é essa?”. Hehehe.... desculpe meu jeito, mas é que muitas idéias me ocorrem ao mesmo tempo e estudar a fundo a Narratologia é uma idéia que se fixou como um objetivo para mim.
Diversos roteiristas tem escrito muitos textos relacionados a Narratologia vinculado ao contextos das produções cinematográficas. Porem o contexto maior do universo da Narração é muito mais amplo do que filmes, ele abrange todos os tipos de estória: livros, mangás, filmes, músicas, poesias e etc.
O objetivo dos meus estudos em Narratologia é exatamente explorar essa complexidade e desvendar os segredos por detrás da estrutura das narrativas. Escritas ou não, são todas narrativas e as estruturas alicerces são as mesmas.
Bom, mas esse papo é muito longo. Quando tiver um material mais sólido eu posso apresentar aqui.


Não se preocupe, já está acabando.

Bom, vou fechando aqui este primeiro post de 2008. pretendo passar a postar de duas em duas semanas neste blog, isto por que, se você não sabe, eu tenho outro blog: o Negima Kingdom . Estou dando um trato no visual deste e, portanto, não estranhe se estiver com uma lay-out esquisito ou mudando com freqüência. Como eu arranjo coisa pra fazer né!?
Além de tudo ainda boto na cabeça uma idéia maluca de cantar em um concurso de Karaokê de anime! Pode?! Acho que é mesmo bem cansativo ser Mazaki, mas com certeza vale a pena!

Bom, se você teve saco pra ler tudo até aqui, vou exigir mais um favorzinho de você: Comentem! É pra isso que serve um blog! Pra escrever e ouvir opiniões!!! Comente!

Bom, ateh mais então!

Matta ne!

Comentários

  1. breno_keitaro15/01/2008 21:18

    aff

    hehehe

    ser mazaki eh dureza hehehe

    mas com um pouco e dedicacao c vai ter sucesso em todas suas aspiracoes

    hehehehe


    ^^


    bejaumsssssss


    ;*********

    ResponderExcluir
  2. Mazaki!
    dps de ler teu proximo post inedito la no trampo, vim te fazer uma visitinha

    X)

    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UQ Holder - o novo mangá de Ken Akamatsu começa com tudo!

A estréia de UQ Holder, nova obra de Ken Akamatsu se deu no mês de agosto deste ano de 2013 e foi cercada de grande expectativa: desta vez o mangaká tinha a intenção clara de fazer um mangá de ação desde o princípio.
Talvez no Brasil o trabalho de Ken Akamatsu não seja tão reconhecido quanto poderia. Sua imagem é muito marcada pelos fanservices de Love Hina. Muitos sequer chegaram a ler sua obra seguinte e de maior sucesso comercial: Mahou Sensei Negima. O plot de um menino cercado de 31 garotas também ajudou a aprofundar o preconceito de leitores que (no meu ver pessoal) parecem valorizar demais a sexualidade nos mangás, esquecendo de analisar outros aspectos como a comédia, e, principalmente, a qualidade dos personagens.


Ken Akamatsu é um mestre em criar personagens cativantes e Negima foi um grande sucesso quando conseguiu mesclar a comédia, esses personagens apaixonantes e uma dose de ação crescente. Lutas muito bem desenhadas estão nas páginas da obra de forma cada vez mais cons…

Sobre o que fala Suzumiya Haruhi, afinal?

Suzumiya Haruhi é uma série de light novels que já conta com 10 volumes e o suspense se irão haver novas publicações ou não. A história ficou mais famosa quando se transformou em anime e então a franquia caiu no gosto do público otaku pelos seus clichês cômicos, personagens carismáticos e uma dancinha viciante para viralizar. Porém muitos acabam julgando que a obra não passa de um entretenimento barato para otakus e que não possui nenhuma mensagem intrínseca. O que é um erro e eu vou dizer o motivo:

Qualquer obra, por mais comercial e batida que seja, pode conter em si uma mensagem, talvez supérflua, talvez profunda, mas não é por causa de questões visuais ou estilísticas que deve ser ignorada essa possibilidade.

Vou citar um exemplo de conhecimento mais comum no mundo do entretenimento para deixar mais simples o entendimento.

Matrix, o filme de 1999, é uma história louca sobre pancadaria alucinada entre realidade e mundo digital? Bom, essa pode ser a cara do filme, com seus efeitos …

Comentários sobre Planetes v.1

Olá a todos!
Esse ano de 2015 tem sido muito bom para leitores de mangá que também são leitores de ficção-científica. Grandes anúncios como Akira e o relançamento de Eden (ambos pela Editora JBC) são alguns dos principais nomes desse momentos, mas outros títulos de peso também chegaram às bancas. Esse é o caso de Planetes, mangá de Mokoto Yukimura, autor também de Vinland Saga (ambos publicados pelo selo Planet Mangá, da Panini).
Comentários sobre a trama



Em um futuro próximo, onde o desenvolvimento da exploração espacial já torna possível a construção de estações e bases em alguns pontos do Sitema Solar, em Planetes acompanhamos a vida de Hoshino Hachirota (ou "Hachimaki", como lhe chamam), um jovem astronauta que tem uma das funções de menor glória: lixeiro espacial. Um trabalho exigente e necessário, mas que não é dos mais gratos.
Temos, além de  outros dois tripulantes na nave Toy Box: Yuri Mihairokov, um russo que tem um motivo bastante distinto. Além deles temos a pilo…