Pular para o conteúdo principal

Vivendo a vida loka!

Oi pessoal! A vida é mesmo um turbilhão interminável de emoções e conflitos, e eu, na minha Nada humilde insignificância também não estou livre de mergulhar nesse mar de loucuras sem fim. Muita coisa acontece ao mesmo tempo nesses meus dias felizes e incomuns e pra começar esse post vai mais uma das minhas Nada famosas poesias de caos:

Sinto-me vazia ao olhar ao redor
E ver que sou diferente de todos
Os homens que correm de olhos vendados

Sinto-me feliz ao perceber que
Esse lugar não é meu
E que eu não sou mais deste lugar

Só fico triste em ver que
Tantos estão tão distantes
De abandonar o inferno de si

Mas, conforto-me:
É só uma questão de tempo

Acho estranho por que sei
Em breve terei que deixa-los,
É inevitável
Tudo acaba um dia

Mas, estranhamente
Não fico triste por isso

Pode demorar
Mas um dia eles vão seguir
Os passos que estou deixando
Na areia
Do tempo

Só tenho vontade de sorrir
E me divertir
Enquanto a noite não acaba.


Uau.....essa é bem dark não? Tem um leve toque (ou melhor, uma gigantesca tsunami) de influência gnóstica. Será que dá pra perceber? Ela foi escrita durante uma aula de Matemática aplicada (tudo haver, nao?). Ah! Mas não precisam ficar preocupados, isso não é uma carta de suicídio ou coisa parecida (o pessoal da facu falou tanto que resolvi não mostrar pra minha mãe, vai que ela me leva pro psicólogo!)! podem ficar tranqüilos, eu não tenho tendências suicidas!!!
Mas, depois desse momento Depre, vamos as outras coisinhas que permeiam a mente de uma estranha garota chamada Mazaki (ou seja que nome for)...


De volta à facu com as pilhas pela metade

Ai, ai, que férias mais reconfortantes! Acordar cedo, trabalhar pra dédeu, comer mal, ficar sem grana....realmente eu não via a hora de voltar pra aula! (pra aula, porque do CEFET eu nem saí, trabalho lah...).
Mas parece que as coisas não vão ser nada fáceis para a pequena (literalmente) Mazaki. Professores de fama maligna, monitoria de Estrutura da Dados, professor que faz prova no primeiro dia de aula....é, a coisa vai feder....
Não que ela não queira estudar (ela é tão estranha que sente falta de se enfurnar na biblioteca), mas depois de não ter descanso de julho as coisas ficam mais difíceis...(a cabeça pesa, o fic não sai...). Haja fôlego! Ainda mais coma cabeça cheia de fics, sites, roms, LHs....e tal...
LHs?!


Love Hina Infinity

Uhu!!!! Finalmente chegou nessas terras no meio do nada Love Hina Infinity! O guia definitivo sobre a saga de Ken Akamatsu! E eu, como boa viciada eterna em LH não poderia ficar sem!
Tem de tudo mesmo nesse volume: ficha mais que completa de cada personagem, entrevista com o Ken, segredos, revelações, testes (o teste do Nível de Love Hinês é imperdível!) e tudo sobre tudo de LH!
Puxa, fala até da Kanako!!! Ai, ai....eu sou fã de carteirinha desse mina! Ela é demais! E eu descobri que não sou só eu que acho isso! Ela ficou em quinto lugar no ranking total e definitivo das Hinata Girls! Pra quem aparece na segunda metade da estória e sem planejamento prévio do autor, ela tá mais que demais!
Alem disso tem muitos outros detalhes sobre LH que enriquecem ainda mais esse volume (destaque para o funcionamento do estúdio Akamatsu...eles trabalham pra dedéu!) e mais imagens, imagens e imagens....(Nossa, o teste de love hines é difícil pacas! “Qual o numero de inscrição da Naru quando ela é aprovada na Toudai?”...e eu que vou saber!?)
Realmente vou ler e reler essa edição ainda por muitos anos. Sem falar que vai ser uma ótima ajuda pra escrever meu fic! Mas, por falar em fic...


Love hina Return e outros Fics

Postei na ultima sexta o terceiro capitulo da minha fic: Love hina Return no Nyah. Lá vai o link:

http://fanfiction.nyah.com.br/viewstory.php?sid=4127

Como antes eu escrevo a mão tudo que vai pra net, já estou bem adiantada em relação ao que esta postado. Estou atualmente escrevendo o oitavo capitulo desta fic que, segundo minhas estimativas e planejamentos, vai até quase o capitulo 40...(realmente nunca consegui me conter na hora de criar uma estória....acaba saindo grande mesmo....)
Fora isso também estou criando alguns fics de negima (ando lendo muitos konosetsu). A maioria é o que se denomina one-shot (um único capitulo) porque gosto de pensar em cenas que realmente poderiam ter no manga... mas no ultimo fim de semana pensei em um konosetsu de uns seis caps que é bem viajante...(graças a se-chan e milk-chan que mostram que sempre ah novas possibilidades....)
Quanto a leitura de fics, tenho acompanhado o sis mea pars da Milk-chan, lido os que a Se-chan traduz no blog dela, alem de, volta e meia, ler um cap de dimension Hinata e Burajiru (estou bem atrasada na leitura destes dois).

Será que sobra tempo pra fazer mais alguma coisa alem de tudo isso que já disse? Claro que sim!


Final Fantasy Tatics Advance, Metroid Zero Misson e... Negima! É claro!

Pois é, alem de ter um monte de coisa pra fazer (e arranjar mais a cada dia!) eu ainda tiro uns minutinhos pra jogar um pouquinho de gba. Claro que como pessoa da classe social “sem-grana” eu não tenho um gba, portanto ainda divido meu tempo precioso de pc com os emuladores. Mas, pra dar um pouco mais de conteúdo a este ponto, vou fazer um preview rápido dos três games que estou jogando atualmente (Momento “Brincando de ser redatora da Nintendo World”...eu lia direto a uns 3 anos!):

Final Fantasy Tatics Advance: um remake do game que saiu originalmente para PSOne, é o primeiro game da square-enix a sair para um console nintendo depois de seis anos (preciso confirmar esse dado) de uma secura total de games da produtora para os consoles da Big N, durante o período do Nintendo 64.

Metroid Zero Misson: segundo game da linha Metroid a sair para o Gba, é (também)
um remake do clássico original que saiu para Nes e que era o primeiríssimo da serie Metroid. Os gráficos e cenários foram reformulados para esta versão que, apesar de mais curto que os outros games de Metroid, não peca em diversão e qualidade. Talvez a trilha sonora tenha ficado um pouco diferente do que os jogadores estão acostumados.

Negima!: esse é dos três games o que menos tenho conhecimento prévio. A Rom ainda por cima é em Nihongo! Difícil da entender, mas o simples fato de ver os personagens na tela já faz qualquer um entender tudo o que é necessário. O jogo é um misto de Rpg com card game (o mais próximo disso é o {também em Japonês} DBZ Rpg de Snes) no qual (pelo que já percebi com certa tristeza) o único personagem controlável é o nosso querido professor mago. Papo vai papo vem (vale a pena ver as caretas que os personagens fazem durante as conversas!) e o jogo, apesar de não ser o melhor dos três, quebra um galho até eu ter meu Ps2 ou 3...(vai sonhando...)


Era uma vez o orkut

Mas......depois de tanta besteirice que escrevi neste post só gostaria de fechar dizendo que vou tentar (vejam bem....tentar. claro que vou me esforçar ao maximo!), desta semana em diante, escrever um post gigante deste a cada semana, sempre com assuntos divertidos e que estejam um pouco relacionados com meu dia a dia ou interesses, afinal este é o Mundo Mazaki, onde eu escrevo o que me dá na telha! Além disso, também vou tentar publicar os caps de Love Hina Return no maximo com uma diferença de duas semanas e meia (no limite).
Espero que não tenham se aborrecido de mais com minhas bobagens, por que de agora em diante, vou colocar muitas delas na rede!

Abraços, e.......Teh Mais!

Comentários

  1. Eita, 40 capitulos? Isso que vai da gosto de ler a fic. A minha fic não sei quantos capitulos terá, só sei que vai ser grande! Fora que ainda vou criar uma pequena saga LH tb e refazer a fic de Fruits Barket e continuar a saga.

    Bem esperarei os proximos capitulos, até mais e boa sorte!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Isso é que ânimo pra escrever fic! Eu tinha começado uma fic de LH faz tempo, mas parei na metade do 2º capítulo, deixei no fanfiction.net e não terminei mais. Quem sabe, um dia...?^^

    Parabéns pelo blog, é legal. Apesar de poesia não ser muito a minha praia (nem sei fazer verso)...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UQ Holder - o novo mangá de Ken Akamatsu começa com tudo!

A estréia de UQ Holder, nova obra de Ken Akamatsu se deu no mês de agosto deste ano de 2013 e foi cercada de grande expectativa: desta vez o mangaká tinha a intenção clara de fazer um mangá de ação desde o princípio.
Talvez no Brasil o trabalho de Ken Akamatsu não seja tão reconhecido quanto poderia. Sua imagem é muito marcada pelos fanservices de Love Hina. Muitos sequer chegaram a ler sua obra seguinte e de maior sucesso comercial: Mahou Sensei Negima. O plot de um menino cercado de 31 garotas também ajudou a aprofundar o preconceito de leitores que (no meu ver pessoal) parecem valorizar demais a sexualidade nos mangás, esquecendo de analisar outros aspectos como a comédia, e, principalmente, a qualidade dos personagens.


Ken Akamatsu é um mestre em criar personagens cativantes e Negima foi um grande sucesso quando conseguiu mesclar a comédia, esses personagens apaixonantes e uma dose de ação crescente. Lutas muito bem desenhadas estão nas páginas da obra de forma cada vez mais cons…

Sobre o que fala Suzumiya Haruhi, afinal?

Suzumiya Haruhi é uma série de light novels que já conta com 10 volumes e o suspense se irão haver novas publicações ou não. A história ficou mais famosa quando se transformou em anime e então a franquia caiu no gosto do público otaku pelos seus clichês cômicos, personagens carismáticos e uma dancinha viciante para viralizar. Porém muitos acabam julgando que a obra não passa de um entretenimento barato para otakus e que não possui nenhuma mensagem intrínseca. O que é um erro e eu vou dizer o motivo:

Qualquer obra, por mais comercial e batida que seja, pode conter em si uma mensagem, talvez supérflua, talvez profunda, mas não é por causa de questões visuais ou estilísticas que deve ser ignorada essa possibilidade.

Vou citar um exemplo de conhecimento mais comum no mundo do entretenimento para deixar mais simples o entendimento.

Matrix, o filme de 1999, é uma história louca sobre pancadaria alucinada entre realidade e mundo digital? Bom, essa pode ser a cara do filme, com seus efeitos …

Comentários sobre Planetes v.1

Olá a todos!
Esse ano de 2015 tem sido muito bom para leitores de mangá que também são leitores de ficção-científica. Grandes anúncios como Akira e o relançamento de Eden (ambos pela Editora JBC) são alguns dos principais nomes desse momentos, mas outros títulos de peso também chegaram às bancas. Esse é o caso de Planetes, mangá de Mokoto Yukimura, autor também de Vinland Saga (ambos publicados pelo selo Planet Mangá, da Panini).
Comentários sobre a trama



Em um futuro próximo, onde o desenvolvimento da exploração espacial já torna possível a construção de estações e bases em alguns pontos do Sitema Solar, em Planetes acompanhamos a vida de Hoshino Hachirota (ou "Hachimaki", como lhe chamam), um jovem astronauta que tem uma das funções de menor glória: lixeiro espacial. Um trabalho exigente e necessário, mas que não é dos mais gratos.
Temos, além de  outros dois tripulantes na nave Toy Box: Yuri Mihairokov, um russo que tem um motivo bastante distinto. Além deles temos a pilo…